#5AMCLUB: Eu Tentei

11:00


Photo by Nathan Dumlao on Unsplash


Foi quando eu comecei a me interessar por conteúdos sobre produtividade e organização (pra arrumar a bagunça que tava a minha vida e a minha rotina) que eu descobri o que era o #5amclub. Eu achava que estava perdendo muito tempo sendo preguiçosa e isso fazia eu me sentir culpada porque não larguei a faculdade pra dormir até tarde e passar o dia assistindo série. Então, tratei logo de tentar dar um rumo pra minha vida. Ainda tenho um mundo de coisas pra aprender, mas quando no começo do ano eu fui assolada por uma série de pensamentos autodestrutivos, eu soube que precisava me ocupar, realmente arregaçar as mangas e ir atrás dos meus objetivos.

Foi quando me deparei com o canal da Dóris Baumer e de tantas outras pessoas que são referência e inspiração pra mim agora. Flertei com o 5amclub desde o primeiro contato. Eu só não tinha coragem mesmo. Acordar às 5h não é uma coisa que você faz do nada, sem objetivos ou sem pelo menos ter certeza de que é isso o que você quer. Eu não tinha certeza ainda, então passei a acordar 7h30 e a fazer o que eu tinha entendido do "milagre da manhã". Funcionou por um tempo até eu me perder da rotina e voltar pras mesmas questões que eu tava enfrentando antes. Aí, num belo dia (tô falando assim porque não lembro exatamente o que me levou àquilo), eu passei na livraria muito determinada e comprei o livro O Milagre da Manhã. Devorei em dois dias, passei o final de semana seguinte planejando minuciosamente tudo o que eu faria não só pela manhã, mas no restante do dia também e comecei o desafio de 30 dias fazendo o oposto do que dizem pra fazer (começar aos poucos? Até parece).


Fui de 9h30 às 5h da manhã no susto, me propondo a fazer exercícios todos os dias e todos os "salvadores de vida" de O Milagre da Manhã. E funcionou muito bem durante os 30 dias. E funcionou por 60 dias também. Aí sobre o que vem agora, acabo lembrando da Dóris Baumer dizendo que acaba pesando. Dependendo da rotina que você tem, acordar às 5h se torna pesado e fazer o ritual da manhã acaba sendo torturante com a cabeça batendo e só você precisando gerenciar o que está fazendo.

Minha rotina atualmente é bem mais organizada e produtiva do que antes, no entanto, eu passei a sentir (depois de alguns testes) que acordar às 6h, pelo menos nesse momento da minha vida, é melhor do que acordar às 5h. Porque é um horário em que eu consigo acordar bem independente da hora em que eu for dormir. Quando o despertador tocava às 5h eu sentia sempre que não tinha dormido o suficiente e o resultado era ficar batendo cabeça enquanto tentava ler, meditar ou escrever. O que já não acontece quando acordo às 6h.

Mas resumindo a experiência, acho que vale super a pena tentar em vez de dizer "não consigo". É uma experiência maravilhosa e te faz ver que você consegue sim e muito mais do que acha que tem capacidade pra fazer. Fora que é maravilhoso o silêncio que faz quando tá todo mundo dormindo. E o dia rende muito mais. Se você consegue dormir cedo o suficiente pra acordar bem disposto às 5h, não há razão pra não adotar essa rotina. É maravilhosa, de verdade. ♡

• • •

Follow Me:
YouTube | Instagram | Spotify

Deixe seu comentário

Você talvez goste

0 comentários