ÚLTIMOS LIVROS QUE EU LI

11:00


Olá, pessoal! Estou de volta e venho compartilhar com vocês 5 das minhas últimas leituras. Este ano, finalmente, eu consegui voltar a ler com uma frequência razoável (quando o sono não me atrapalha haha) e estou bastante feliz com as leituras que fiz até agora. Mas pra este post escolhi apenas 5 deles e os outros eu pretendo trazer futuramente. Vamos a eles!


▶ Quem é Você, Alasca? (John Green)
Livro que peguei emprestado com a Julyanna do blog Sonhos de Paris e está comigo há alguns consideráveis anos e só agora eu li. Não achei que eu fosse curtir a história. Tinha pego uns detalhes e outros por aí, mas quando li achei muito legal. Não a história em si, pra ser bem sincera, mas as reflexões sobre a morte e a vida após a morte que os personagens fazem. Um dos meus trechos favoritos é:

"Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente."


▶ Roube Como Um Artista (Austin Kleon)
Já tinha visto várias pessoas falarem bem desse livro e já fazia um tempo que eu tinha ele, mas ainda não tinha lido todo. Nas últimas semanas resolvi finalmente terminar. E roubar como um artista não é exatamente uma novidade pra mim. Sempre fui dessas que se inspira no trabalho de outras pessoas o suficiente pra perceberem que é uma referência, mas não o bastante pra ser uma cópia (porque isso sim é vacilo e é falta total de originalidade). No meu trabalho na internet e na música tenho e tive diversas referências e sou uma mistura de todas elas somadas às minhas vivências. Sobre o livro em si, é uma leitura bem rápida (se você não for enrolado igual a mim) e proveitosa. O conceito de "roubo" que o autor apresenta é super simples de compreender e se você conseguir aplicar, seu trabalho vai ser muito daora.


▶ O Milagre da Manhã (Hal Elrod)
Um dos livros que eu posso afirmar que mudou a minha vida. Mesmo. Ultimamente, depois de uma fase psicológica bem ruim, eu comecei a procurar maneiras de organizar melhor a minha vida, minhas tarefas e o meu tempo (pra não ficar refém dos pensamentos que estavam me fazendo mal). Mas antes de ler o livro eu já estava flertando com conceitos baseados nele. Foi assistindo ao canal da Dóris Baumer e alguns outros vídeos aleatórios que eu comecei a acordar mais cedo (7h30) e adotar uma rotina matinal que me ajudava a olhar pra mim mais atentamente. Nesse meio tempo eu estava flertando com o #5amclub, porém sem ter certeza de que eu teria coragem (ou mesmo vontade) de arriscar acordar tão cedo. Até que finalmente adquiri o livro O Milagre da Manhã e o Hal Elrod foi extremamente convincente sobre acordar mais cedo. Lá se vai pouco mais de um mês em que eu acordo às 5h de segunda a sexta e às 7h aos finais de semana. Não quero mais outra vida.


▶ Outros Jeitos De Usar A Boca (Rupi Kaur)
Estava paquerando esse livro tinha um tempo. E sinceramente eu nem curto livro de poesias, mas tinha uma específica que eu gostava muito, mas nem sabia se estava nesse livro. Como encontrei uma cópia dele por 10 reias naquelas feiras de livros no Centro do Rio, resolvi dar uma chance. Comecei e terminei a ler na mesma viagem do Rio até Maricá. Achei o começo pesado, denso e triste. Mas outras poesias são extremamente verdadeiras, tocantes e a que eu mais me identiquei fala sobre arte e é essa:

sua arte
não é quantidade de pessoas
que gostam do seu trabalho
sua arte
é
o que o seu coração acha do seu trabalho
o que sua alma acha do seu trabalho
é a honestidade
que você tem consigo
e você
nunca deve 
trocar honestidade
por identificação

- a todos vocês poetas jovens


▶ Leia Isto Se Quer Ter Muito Sucesso No Instagram (Henry Carroll)
Já conhecia a existência desse livro há bastante tempo. Mas foi assistindo a um vídeo sobre fotografia (que não tinha relação direta com o livro, mas ele aparecia no fundo do cenário) que eu decidi que precisava ler. Especialmente porque fiquei muito perdida depois que fiz um feed organizado por cor no meu Instagram. Achei que precisava de umas dicas pra sair de onde eu estava e a leitura foi bastante proveitosa. Me deu um norte pro que eu tava fazendo e me fez parar de ter medo de arriscar. Mesmo que eu erre ou ainda não saia tudo como eu quero, a melhor maneira de aprimorar o que eu tô fazendo é fazer. Então voltei a publicar com certa frequência na minha conta do Instagram e estou com várias ideias. ♡

O que você está lendo? Já leu ou quer ler algum dos livros acima? Conta pra mim!

• • •

Follow Me:
YouTube | Instagram | Spotify

Deixe seu comentário

Você talvez goste

0 comentários