7 crenças para abandonar em 2017

10:30

Ainda dá tempo de dar dicas para o ano de 2017? Estamos só no segundo mês ainda, mas parece que já passou um tempão. Aqui neste post estão crenças às quais a gente muitas vezes e agarra e precisa soltar. Vem comigo:

1. Acreditar que alguém vai mudar por você
Ninguém muda em favor de outra pessoa. Não de verdade. Não sem entender que precisa ou que quer isso. E ninguém tem que mudar por causa da gente, vamos combinar. Conviver com pessoas é um negócio difícil demais, mas é muito ruim não conseguir se exercer porque tem alguém cobrando mudança da gente. Não sei vocês, mas eu detesto quando ficam apontando erros em mim ou expressando desagrado o tempo todo. Parece que o que a gente é não tá bom nunca e, vamos combinar, ninguém vive só de defeitos. Se você não pode amar as pessoas pelo que elas são, deixe-as em paz e não tente torná-las aquilo que você acha que elas precisam ser pra você gostar delas.

2. Acreditar que as soluções e resultados caem do céu
Tem um bocado de coisas implícitas neste item. Aqui eu posso encaixar as dietas que a galera se prometeu no ano novo e só cumpre duas vezes na semana, os namoros que esperam que engatem stalkeando o perfil do crush sem nunca puxar assunto e o dinheiro que se quer ganhar na loteria sem nunca jogar. Acho que deu pra entender o que eu quero dizer, né? Não adianta olhar pro céu com muita fé e pouca luta. Se você quer alguma coisa, faça alguma coisa.

3. Acreditar que as pessoas terão as mesmas atitudes que você teria
O mundo seria lindo trabalhado do nosso ponto de vista, mas a realidade não é tão fofinha e, infelizmente, não dá pra esperar empatia e simpatia de todo mundo. Muitas vezes a gente vai ser e fazer coisas que os outros não seriam ou fariam por nós. E o mundo não vai acabar por causa disso. Continuemos a fazer a nossa parte e a torcer pras coisas ficarem melhores algum dia.

4. Acreditar que só vai ser feliz depois de algo acontecer
Você não precisa de um namorado pra começar a ser feliz. Nem precisa ficar magra pra isso. Nem de plástica, silicone ou qualquer outra mudança, objeto ou sei lá... Escrevi um texto chamado Não são seus olhos, mas o seu olhar que trata de autoestima e tem bastante a ver com este item.

5. Acreditar que sua opinião é indispensável para o mundo
Não é! E nessa de achar que nossa opinião é mega importante a gente compra briga que não precisa, entra em discussões sem fim e magoa as pessoas à nossa volta. O assunto te diz respeito? Alguém pediu sua opinião? Sua opinião pode acrescentar um ponto de vista que seja importante e que ninguém apresentou ainda? Se a resposta for não, guarda pra você.

6. Acreditar que as coisas precisam acontecer no momento que a gente quer
Rola muita ansiedade da gente por quase tudo. Não temos paciência pra quase nada e precisamos ter. Queremos resultados imediatos, respostas imediatas e estamos sempre apreensivos, tensos e nervosos. É fácil? Não. O mundo tá acelerado, as relações estão aceleradas e a gente não quer esperar por nada. Mas ainda é muito importante exercitar a paciência, fazer a nossa parte e deixar as coisas acontecerem a seu tempo.

7. Acreditar que o ano não pode ser bom porque coisas ruins aconteceram
A gente está no segundo mês deste ano e já vi uma galera desistir porque as primeiras semanas não foram lá essas coisas. Trago verdades: não vai ser perfeito nunca. A vida é isso aí. Altos e baixos, momentos bons e ruins, alegrias e tristezas. É meio bizarro precisar falar isso, porque é uma coisa que todo mundo sabe, mas que na prática a gente acaba esquecendo.

E aí, o que mais você acrescentaria nessa lista de crenças a serem abandonadas?

Conta pra mim nos comentários! 


Live no Instagram toda quinta às 20h30

Você talvez goste

1 comentários

  1. Amei o post, tenho que mudar muitas coisas nesse sentido esse ano mas estou no caminho!
    Beijo
    1Real no Cofrinho

    ResponderExcluir