Um filme lindinho sobre família e música

10:30

Hoje eu vim falar de A Família Beliér da única forma que sei: dizendo como me senti. Porque esse filme me fez chorar copiosamente nas duas vezes em que o assisti. É um filme francês/belga, de comédia/drama (sem zoeira, foi assim que achei Google adentro). Na real, ele tem seus momentos engraçados e seus momentos lindos (os quais me fizeram, como eu já disse, chorar igual uma besta).

Resumo da história: Paula Beliér (que é a Louane Emera - já fiz um cover dela lá no canal de música e foi por causa dela que parei pra ver o filme) é uma garota vivendo as descobertas normais da vida: o amor, mudanças no corpo, escola e etc. No entanto, ela tem uma responsabilidade imensa porque os pais e o irmão são surdos/mudos. Como eles têm uma fazenda e um negócio, ela é quem faz a ponte deles com o mundo através da linguagem de sinais. Mas ela descobre que é uma cantora promissora e surge a oportunidade de fazer um teste para uma escola de música em Paris, distante da sua família. 


Achei o filme muito delicado, leve, divertido e emocionante. Por tratar de uma relação familiar diferente das que são geralmente mostradas nos filmes. Olha, eu caí de cabeça no que diz respeito a se envolver emocionalmente com um filme, porque ele tem música e família, gente. Aliás, as músicas são lindas, a voz da Louane é encantadora e foco na cena em que ela canta para o pai. Sério. Vai ver esse filme e volte pra me agradecer depois. Você pode não se acabar de chorar como eu, mas tenho certeza que pelos menos umas risadas você vai dar. E se nem isso acontecer, ainda têm as músicas. Agora se nem isso te comover, não sei que destino está reservado para o seu coração. 

Brincadeira, viu!?

Você talvez goste

0 comentários