Música de segunda #2: Pokémon

21:48

No último fim de semana, estava falando feito uma doida no meu Snapchat (elisalecrin) sobre uma gravação que tinha feito pra um dos grupos de ukulele que faço parte no WhatsApp. Achei bacana falar disso aqui também porque além de compartilhar mais o áudio (que eu achei beeem legal), vou disseminando o amor que rola nesses grupos.

Curiosamente, tocar ukulele mudou muito a minha forma de me relacionar com a música e com público. Muitas pessoas passaram a me conhecer e admirar por causa desse instrumento e eu conheci muita gente bacana por tocá-lo. E eu me impressiono até hoje com a genuinidade disso tudo. Conversando com uma das pessoas que me conheceu por conta dos meus vídeos tocando ukulele, percebi que realmente é muito legal a interação que rola da galera em volta do instrumento.

Há encontros, troca, venda, dicas... Tudo na parceria, tudo no amor. E soa estranho até pra mim falar disso assim, porque sou bastante desconfiada com coisa legal, levando em conta as péssimas experiências que tive no meio de grupão de gente. Mas eu fui tão acolhida e bem recebida no primeiro Ukeday que eu fui e vi as pessoas sendo tão bem acolhidas e bem recebidas que só consigo transmitir isso quando me perguntam.

Se você não sabe do que eu tô falando, deixa que eu explico. Existem grupos no Facebook e no WhatsApp que reúnem a galera que toca, gosta ou quer saber mais sobre ukulele. Esses grupos são nacionais, locais, enfim. São maravilhosos. Lá a galera troca um monte. Estou mais especificamente falando do Ukulele Aloha (do qual eu faço parte). Tem uma página no Facebook desse grupo, então vai lá pra saber mais.

E, finalmente chegando ao ponto, semanalmente rolam desafios. O que são? Os administradores lançam temas específicos e a galera grava e manda áudio. Na última semana (toda segunda o desafio muda), o tema foi Filmes, seriados e desenhos. Por isso eu gravei o tema de abertura de Pokémon e por isso estamos aqui hoje. 

O Pikachu da foto é um porta-copo que minha mãe fez em EVA. Mamãe tem uma página de artesanato no Facebook chamada Flor de Alecrin Arts (dá um confere). 

Sem mais delongas, o resultado do desafio:

Você talvez goste

0 comentários