Do jeito que eu sei sentir

23:35

Eu empilho os meus livros. Preparo um lanche rápido e arrumo a bagunça que deixei na cozinha. Eu esqueço os copos fora do lugar. Escrevo alguma coisa sem importância. Crio duas ou mais playlists, assisto cinco episódios da minha série favorita e mesmo assim não me livro de pensar em você. 

É bom de um jeito que até assusta. Porque eu fui boba mais vezes do que eu gostaria. Andei em círculos um número de vezes que não consigo me lembrar. Você provavelmente não sabe porque não estava lá. Mas eu sei que estava em algum lugar tendo suas próprias decepções. A vida infelizmente é cheia delas. 

E hoje eu estou me protegendo, me distraindo e tentando disfarçar que só penso em você. Estou aqui lembrando dos ângulos, do cheiro e das caretas que eu tanto gosto. Estou aqui fazendo de conta que não quero escrever este texto pra deixar vazar um pouco do que não quero te contar. É que eu sabia, lá no fundo. Mas eu tinha medo. E eu ainda tenho medo de te amar mais do que eu consigo aguentar sem me perder de mim. 

Mas eu ainda estou aqui. Com a cara, a coragem e um monte de sentimentos puros (e alguns não tão puros assim) por você. Desculpa, eu só sei sentir assim.

Você talvez goste

2 comentários