Poem A Day - A transexualidade

00:51

Vivia a esconder-se. Nas sombras, nas dúvidas, no medo de dizer, no medo de ser e de ter que explicar. Eu entendo. Ou talvez não. Não estamos na sua pele. Não nos cabe falar em seu lugar, calar a sua luta, supor, pensar, julgar e tantos outros verbos que menosprezam seus sentimentos e falham como uma tentativa de dizer o que é certo e o que faz feliz.

Está na hora, então vá. Quem pode te impedir? Quem pode te entender e se colocar no seu lugar? A voz rasgando na garganta, a porta escancarada, as lágrimas rolando em seu rosto, o céu, o chão, as lutas, a liberdade, a verdade, a transexualidade.

Você talvez goste

2 comentários

  1. Pra alguns essa é um tema tabu. Para muitos de nós é chegado a hora de dar voz, de falar as claras e não deixar a luta cessar. Adorei entrar no teu blog e de cara esse post com um tema maravilhoso e desafiador. Parabéns!!
    Beijos,


    www.praondefugir.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, você não sabe como eu fiquei com medo de escrever sobre esse tema (desde o começo do desafio de escrita)! Mas essa é a graça de todo desafio, romper limites. Obrigada pelo comentário. Fico feliz que tenha gostado ♥

      Excluir