Poem A Day - O realismo fantástico

00:30

Bateu saudades de você. Como sempre. Era uma da tarde, o sol estava forte e pássaros cantavam na minha janela. Era a vigésima vez no mês que essa sensação me invadia tão forte assim. E era também só mais uma vez em que eu não poderia fazer nada a respeito. Há tantos quilômetros, tantas estradas e placas no meio do caminho que esquecer é a opção mais próxima. E também é a menos satisfatória. 

Mas, pra minha surpresa, quando o céu ficou roxo, lá pro fim da tarde, a campainha tocou. Assustada com o toque que me pegou completamente distraída lendo, me apressei pra ver quem era. Sorri quando encontrei com seu olhar brilhante ao abrir a porta. Era um dia ordinário, que eu poderia até chamar de triste ou vazio. E se tornou um dia fantástico graças à sua chegada.

Na verdade toda a minha realidade se encantou, virou conto, brilha e tem trilha sonora. Tem pó de fada pelos cantos da casa, posso voar e te sentir mesmo estando distante. Quando você vem é sempre melhor, mas saber que você existe e que o seu olhar é meu, faz a esperança virar um campo de força ao redor de tudo o que me lembra você. E, pro caso de não ter ficado claro, você é o elemento mágico da minha realidade. Pode espalhar por aí.

Você talvez goste

0 comentários