Poem A Day - O labirinto

10:30

Entramos nessa juntos, de mãos dadas e pelo mesmo lado. Em algum momento a gente perdeu a comunicação e foi cada um pra um corredor. Desses que não dão em lugar algum e a gente é obrigado a voltar, depois de se perder muito de si mesmo.

A gente se esbarrou. Mas foi só isso mesmo. Acabamos batendo naquela parede e depois cada um seguiu de novo o seu caminho. Acho que não nos demos conta de que aquela era só uma das vezes que a gente se encontraria.

São muitas ruas estreitas, caminhos tortuosos e entradas sem saídas. A gente é obrigado a voltar, tentar encontrar uma reta que leve a algum lugar seguro. E, nos últimos dez anos, todas as ruas sem saída nos colocaram de frente um pro outro. E eu não sei o que pensar.

Espero que essa pegadinha acabe bem. Espero que a gente perceba o que tiver pra perceber antes que seja tarde. Antes que a gente seja obrigado a abandonar esse labirinto chamado vida sem notar que esbarrou várias vezes no que procurava esse tempo todo. 

Você talvez goste

5 comentários